ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Que tipo de mãe és?

Primeiro dia de férias, andas por Lisboa e o teu filho mais novo queixa-se dos pés e pede colo. Achas que conheces tão bem as manhas dele e que apenas quer boleia ao colo.
Desconversas, chamas a atenção para o carro que passa, uma casa diferente ou outra coisa qualquer. Pensas que com miúdos não há férias de descanso e que eles estão sempre a queixarem-se de tudo.
Continuam a andar. Dói, dói, o pé, o pé. Sentas-te, pegas nos ténis, tiras e pões. Confirmas pedras, desapertas um pouco. Mas que raio tem os ténis?! Comprados há 2 semanas, usados muitas vezes sem qualquer queixa e muda-se de cidade e vem as dores?! As crianças, sempre as crianças e as suas queixas pensas tu numa cegueira de quem é mãe que conhece os seus filhos como ninguém.
Voltam a andar. As mesmas queixas. O pedido de colo constante. Seu manhoso! Estás preguiçoso, dizes tu! Vá, anda!
Andamos nisto, com intervalos em que o pai o leva ao colo e tu a pensares no raio das adidas tão novas e confortáveis com tanta queixa. É mesmo manhoso, esse filho.
As férias foram passando e o outro par de ténis que levaste foi usado mais vezes mas usando-se também as ditas da queixa que são tão novas, giras e confortáveis não fosse a manha do teu filho preguiçoso.
As férias terminaram e no primeiro dia de volta ao colégio já com ele lavado em lágrimas por não querer o fim das férias chega a educadora para nos receber com uns ténis iguais ao do teu filho preguiçoso.
"Mãe (sinto sempre que sou mãe de quem me chama mãe mesmo que tenha a mesma ou mais idade do que eu), estes são os ténis do António. Não reparou que ele não levou os seus?"
Ficas muda mas logo dizes:"Naoooo..."
"Pois, estes são os dele. A outra mãe devolveu logo para não estragar."
"Pois, os outros foram de férias!" e faz-se luz em todas as queixas do teu filho.
Quando chegas a casa e vês que ele usou uns ténis 3 números abaixo do seu... tentas perceber que tipo de mãe és?

2 comentários:

Dina disse...

Upsss.... imagino que te tenhas sentido muito mal... mas a maioria das mãe teria pensado o mesmo que tu! (pelo menos eu!)

CS disse...

Muito mal :( a imaginar quantas horas passou ele com os ténis nos pés. Aprender a ouvir é um processo para a vida toda! bj