ALICE

Lilypie Fifth Birthday tickers Lilypie Second Birthday tickers

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Adeus, bebé!

Aos poucos esta casa vê desaparecer os seus bebés para dar lugar a crianças. Custa-me um pouco e sinto que as fases que chegam dão menos trabalho físico (maior independência deles) mas dão-me mais desgaste psicológico (as perguntas, as perguntas, as perguntas, as exigências, os porquês, os porquês e todas as outras perguntas, as corridas, os choros).
Na sexta-feira à noite, mudei o António do berço para a cama. Agora poderá subir e descer da cama quando quiser e isso traz-me uma nova preocupação: manter a cancela das escadas fechada durante a noite também.
Tem corrido muito bem. Não se levanta sem chamar. Tem dormido com o queixume habitual de pedir muita água e ir à casa de banho mesmo sem vontade.
Adeus berço, adeus bebé...

Será desmontado e entregue à sua dona (uma amiga).
Esteve em nossa casa (na verdade connosco passou por 3 casas) quase 6 anos!
 
 

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Quando o universo nos devolve o que enviamos

Acredito que quando estamos carregadas de pensamentos menos positivos, quando sentimos que as coisas não correm bem, transmitimos essa energia em tudo o que fazemos e aquilo que achamos que vai correr mal acaba mesmo por correr pois é essa a mensagem que transmitimos.
Ontem fui à loja solidária deixar umas coisas para doar. Parei o carro, não tencionava demorar-me e coloco apenas 20 cêntimos no parquímetro. Levei os miúdos comigo, demorei-me um pouco mais, quando saí, lá estava a multa. Tinha passado 10 minutos. Apeteceu-me praguejar (apesar de não ser da minha personalidade), raios partam, pensei. Praticar o bem nem sempre é rápido quando se levam 2 crianças, quando se perde um pouco de tempo a ver o que a loja tinha para vender (adoro roupa em 2ª mão, confesso.)
Sim, acho que ando numa fase menos boa, mais carregada de contratempos. Essa multa de 6,60€ serviu para descobrir que tinha outra de 2015 de ticket de tempo excedido, tal como este. O problema: nunca vi nenhum aviso. O segundo problema: o valor é de 21€. O terceiro problema: vou reclamar e aborrecer-me.

Jardim

Vivo a poucos metros de um jardim público tão bonito e com parque infantil. Vou muitas vezes mas sinto que poderia tirar melhor partido deste lugar: levar lanche e fazermos piqueniques, levar brinquedos e deixá-los correr na relva, apanhar folhas. Normalmente, ficámo-nos apenas pelo parque infantil que existe logo à entrada.







São eles...

... que tão depressa me levam ao cansaço extremo como fazem todos os problemas parecerem insignificâncias da vida, dando-me toda a coragem que necessito.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Sem palavras

Na cozinha ouço o grito da Alice que vem da sala. É grito tão familiar e que tem a ver com o António. Ouço várias vezes ao dia.
Chego à sala: O que se passa?
Alice: Mãeeee, o António estava em cima de mim como se fosse uma bandolete!!!

Acreditar sempre

Não é fácil, no momento, acreditar que as coisas más ou menos boas trazem consigo ensinamentos preciosos e não apenas dor. Não é fácil, no momento, acreditar que temos a força e a clareza para decidir e seguir em frente.
Eu já sabia (ou talvez não soubesse) mas agora que senti na pele os seus efeitos, aprendi que, num acidente de carro, nunca, em circunstância alguma, abdicar de chamar a PSP, mesmo que a outra parte pareça ou seja a pessoa mais honesta do mundo e queira resolver sem problemas, preenchendo a declaração amigável.
A polícia recolhe no local os dois depoimentos, faz o croqui e, desta forma, a justiça sobre o sucedido é algo mais fácil de se atingir.
Lição do ano, conselho de amigo: Um acidente, uma batida, um toque que seja que provoque danos materiais, ligue PSP.

Não espere do outro a atitude que teria, não tome por garantido no outro os valores que podem ser apenas seus.


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Para ler, acreditar e serenar

"tudo na nossa vida está no lugar certo, na hora certa. tudo o que vem para a nossa vida faz parte do que precisamos de enfrentar e superar. aceitar é uma parte da força que ajuda a continuar a lutar. não comparar com a vida dos outros é outra parte da força: cada um tem o seu próprio tempo, as suas próprias batalhas, as suas dores, os seus dias de peito aberto."

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Kimono ou quimono ou robe de dormir

Dizem que será peça para continuar no outono. Há alguns nos saldos, para quem gostar desta tendência.
Tenho um mais curto comprado há mais de 1 ano nos saldos da ZARA.















Pinterest

Processo em curso


Sair do berço

O António ainda dorme no berço mas está mais do que na altura para sair de lá.
Ele não se queixa e eu sinto-me segura com ele lá dentro, sabendo que não tenta pular ou sair.
Mas chegou o momento. Ele está a ficar crescido e a nossa escolha recaiu para uma opção que adoro do IKEA e que, mal possa, será também uma aquisição para a irmã.




HEMNES
Cama indiv/dupla c/3 gav/2 colchões, branco, Husvika firme
459€
 
É cama individual que permite ficar de casal. Para quem recebe e gosta de receber visitas em casa é excelente para acomodar mais gente. Já a estrei e posso confirmar que é bastante ampla e confortável (aberta). Para a semana fazemos a mudança do António. Até lá dorme no berço que foi da Alice e que é da filha de uma amiga...
 
 
A dormir a sua sesta.
 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Estes dias...

Mesmo sem férias, tenta-se aproveitar uns fins de tarde fora da rotina...








terça-feira, 8 de agosto de 2017

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Alice e a sua auto-estima

Tia para a Alice: "Alice és bonita!"
Alice:"Tia, eu não sou bonita, eu sou maravilhosa!"
Se há pais que trabalham a auto-estima com os seus filhos, eu trabalho a humildade com a minha.
Temos um longo caminho a percorrer...